Pages

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Hora...

Chuva do céu que caí sem parar
E por dentro, coração chora faltando só acabar - de bater!-
Agazalho-me só por fora
Porque por dentro, coração ainda chora
E de prantos , vou viver...

Olho o relógio
Com pressa ao tempo
E ele de propósito
Faz-me esperar:
Segundos, segundos, segundos...
Nunca será hora?
A hora em que a solidão passará...

6 comentários:

Júlia # disse...

eu queria conseguir saber a que horas ela me deixaria em paz.
é a única companhia que eu não faço questão nenhuma de ter.

Karlinha Ferreira disse...

A solidão tende a nos acompanhar sempre, e o pior tipo é aquela que vc está acompanhada e ainda assim sente-se só!

Belo texto!

Júlia # disse...

eu quero que ela me deixe em paz, porque ela não é a companhia que eu quero :D entende?

Fabiana Farias disse...

Oi querida! Obrigada pela visita! Achei inusitado o layout do blog. A solidão ficou amena.
Continue nas letras, sempre!
beijosss

Ariana disse...

A solidão é a minha melhor companhia!

bjos

Ariana Fernandes disse...

...

Postar um comentário