Pages

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

O presente

olhos vidrados
na janela dentro
dentro e fora, pra não esquecer
como de costume: te esperar - pra sempre! -

antes, eu importava com as horas
hoje pouco me importo
-ver-te chegar- que emoção!

com tudo, aprendo uma coisa:
amar-te, amar-te incondicionamente
para que não me deixes
em vão, sem chão...
somente adentro a janela
e esperar-te pra nada...

porque quero-te como nunca quis alguém
e amo-te tanto esquecendo as feridas passadas
vivendo momentos presentes
receber-te enfim, como tal - presente! -

6 comentários:

Karlinha Ferreira disse...

Lindo texto!

Adorei!

Érica Amorim disse...

"e amo-te tanto esquecendo as feridas passadas
vivendo momentos presentes
receber-te enfim, como tal - presente! - " ...

eu gosto do seu jogo palavras, diz muito com pouco...

e quem não quer algo (ou alguém) como presente, sempre agora - no presente?

Ariana disse...

"porque quero-te como nunca quis alguém"

Isso seria uma confição de sentimentos?

O texto ficou muito lindo!


bjos

Flores... disse...

antes, eu importava com as horas
hoje pouco me importo
-ver-te chegar- que emoção!



LINDAS FRASES
que me fazem sentir parte da tua poesia !!

Doce Nostalgia disse...

Ainnnn que lindo...
Muito intenso! *-*

Beijos linda!

Flores... disse...

Sim estou !! Mas como diz o texto meu amor estah deixaando de sonhar ...
Ah propósito gosto muito do teu blog ♥

Postar um comentário