Pages

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Amor que não sei usar

Se eu tenho amor
E ninguém sabe usar o meu amor
Eu preciso não tê-lo mais
E assim não caberá a mim

Sou fantasia e orgulho
Companhia e solidão
Amiga procurando um amor

Se eu tenho amor
e ninguém sabe usar o meu amor
Eu preciso não tê-lo mais
E assim não caberá a mim

Amo e sofro, como as pessoas que também amam
E se eu amo tanto e não sou correspondida
Eu preciso esquecer o amor
Pra ele chegar até mim

4 comentários:

B. disse...

ooi, eu sou do rio grande do sul, você?

B. disse...

nossa, que legal! sempre quis ir pro nordeste, tá aonde aí? fazendo o que?

franck disse...

passando por aqui...adorei sua sensibilidade!
Seguirei sempre!
bj!
Franck

B. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.

Postar um comentário