Pages

sábado, 25 de abril de 2009

Máscara.

Eu, em vc
Você, longe de mim
Que procura...Sem nada para achar!
Analiso de todos os lados!
O esquerdo , o direito
Em cima, por baixo e não acho!
Ilusão!Lado algum...Achar que existe!
Canso de procurar, prefiro me esconder!
Mas as máscaras que me cobrem e o conhecimento (Que tens sobre mim)
É sem prazo, máscara cai e eu, já no chão, tento colocar de volta...

3 comentários:

Dayvson L. disse...

"Mas as máscaras que me cobrem e o conhecimento (Que tens sobre mim)
É sem prazo, máscara cai e eu, já no chão, tento colocar de volta..."


Perdoe-me pela expressão, mas ficou muito foda!

Pedro Augusto disse...

Máscaras, são sempre muito difíceis. Há horas que encobrem o medo, mas quase sempre são sinônimo de ser quem não somos de fato, e isso nos entristece.

Pedro Augusto disse...

Muito difícil de saber, é a mesma coisa de perguntar:
"Por que tudo junto se escreve separado e separado se escreve tudo junto?"

Postar um comentário